Branda da Bouça dos Homens

Bouça dos Homens

Branda das aldeias da Nossa Senhora da Peneda e do Beleiral, a Bouça dos Homens fica situada no limite do Parque Nacional da Peneda-Gerês, à quota de 1.070 metros de altitude. Rodeada de 5 picos montanhosos: a sul fica o Alto da Pedrada (1.416 m altitude), a sudeste fica o Cume da Peneda/Castelo do Pedrinho (1.374 m altitude), a norte fica o Alto da Costa/Fojo (1.290 m altitude), a oeste  fica o Outeiro Alvo (1.314 m altitude) e a sudoeste fica a Penameda (1.268 m altitude). A Bouça de Homens tem uma paisagem imponente e deslumbrante.

Para os amantes de montanhismo, da aventura, da caça, da pesca, do sossego, de grandes nevões e paisagens únicas, a Bouça dos Homens é um pequeno paraíso na Terra que vale a pena visitar e descobrir!!!
Bouça dos Homens 1.070m
Bouça dos Homens 1.070m
Bouça dos Homens 1.070m
Bouça dos Homens 1.070m - Casa Florestal com vista para o Batateiro
Bouça dos Homens 1.070m - Vista para o Outeiro Alvo
Bouça dos Homens 1.070m
Bouça dos Homens 1.070m
Bouça dos Homens 1.070m - Vista para a Penameda
Bouça dos Homens 1.070m - Nevão em 02/12/2008
Bouça dos Homens 1.070m

O 1º Romeiro da Peneda

"O TACHIM"

Mas que nome me havia de ocorrer. "Tachim". Será que se escreve mesmo assim? Acho que o que menos importa é saber se se escreve tachim, taxim, tá xim, etc. Parece-me chinês. Jogador de futebol não me parece. Um famoso artista de circo? Se calhar algum chefe de Estado dos ditos terceiros mundos ou provavelmente nome de telenovela. Algo me diz que se trata apenas de uma pessoa muito simples. Basta para tal chamar-lhe João Tachim ou simplesmente João da Cadela.
Um dos primeiros, senão o primeiro romeiro da Sra. da Peneda. Muitos dos leitores, conheceram certamente a pessoa em questão. Era sem dúvida aqui há já uns largos anos atrás, uma das figuras mais típicas da Romaria da Sra. da Peneda.
Por meados de Agosto, fincado à vara e a chamar a cadela, a panela e a cafeteira presos com um cordel à cinta a badalarem, era vê-lo subir o escadório do fundo do Portório a passar na Sra. das Dores até ao terreiro...estamos na romaria, chegou o Tachim...grita a cambada. Vamos acirrar a cadela. Ali começava o martírio do Tachim e a alegria dos putos. De um lado voavam as bolotas do cipreste, do outro a ameaça do pau. Era tudo brincadeira. Aparte estes pequenos "desacatos" com a criançada, era recebido pelas pessoas da aldeia com muito carinho.
Durante os dias que se seguiam até aos dias da festa, da pentilhota até à tapada grande, caminhava de porta em porta recebendo aqui uma bucha, ali uma tigela de caldo, além um copo de tinto, que irmãmente partilhava com a cadela. À noite, meadinha arriba, até à lapa (assim designado os aposentos de tão ilustre personagem) ali acendia o lume, um pouco de carne gorda dentro da panela, paus de giesteiro a servir de trempes, refastelava-se engrenhado nos trapos que eram os mesmos da romaria do ano passado, talvez de há dois anos...sabe-se lá, a olhar fitado os tissons. De quando em vez espetava o garavato na carne, agora trincava ele, ora lambia a cadela, come se fosse uma família. Não havia motivos entre eles para grandes desavenças. A única coisa em disputa seria a comida e mesmo esta era sabiamente dividida.
Assim se descreve a história do Romeiro mais popular que alguma vez passou pelas bandas da Nossa Sra. da Peneda. Não podia deixar de passar o meu testemunho de figura tão ilustre e que tantas saudades deixou naquela terra.

Artigo de Manuel Barros, publicado no jornal "O Ardina" de Monção em 1998.

Pedrada - Serra do Soajo

Pedrada 1.416m - Serra do Soajo
Pedrada é o ponto mais alto da Serra do Soajo, elevando-se a uma quota máxima de 1.416 metros de altitude. É a montanha mais alta do distrito de Viana do Castelo.
Pedrada 1.416m - Serra do Soajo
Pedrada 1.416m - Serra do Soajo
Pedrada 1.416m - Serra do Soajo
Pedrada 1.416m - Serra do Soajo
Pedrada 1.416m - Serra do Soajo

Lamas de Mouro

Lamas de Mouro
Aldeia situada a 8km da Nossa Senhora da Peneda, no limite do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Lugar de visita obrigatória, Lamas de Mouro tem um vasto parque onde se podem fazer "piqueniques" e dar um mergulhinho numa piscina natural. Um dos locais mais frios de Portugal, Lamas de Mouro fica à quota de 900 metros de altitude.
 
 
 
 
 
 




Foto(s) Tirada(s) : Lamas de Mouro (25/02/2004 e 28/02/2006)

Vistas do Miradouro de Tibo - PNPG

Local de visita obrigatória. Deste ponto podemos ver a norte as aldeias da Peneda e o Beleiral. A noroeste podemos ver Roussas, a Gavieira, a Branda Bouça dos Homens, a Branda de  São Bento do Cando, a Branda de Bosgalinhas e a Branda de Junqueira. Olhando para Oeste, vemos as misturas das àguas e a Barragem do Lindoso. Deste local temos uma vista priviligiada para a Serra da Peneda, daqui conseguimos ver os pontos mais altos da Serra.
 
 
 
 
Foto(s) Tirada(s) : Tibo (24/02/2004 e 28/02/2006)

Alto da Derrilheira / Outeiro Maior - PNPG


Alto da Derrilheira / Outeiro Maior - 28/02/2006 - PNPG

Barragem do Lindoso





 Foto(s) Tirada(s) : Barragem do Lindoso (28/02/2006)

Alto do Lagarto - PNPG

Local situado à quota de 1.113 metros de altitude, ganhou o nome de Lagarto por o penedo se assemelhar a esse réptil. Fica entre as aldeias da Peneda e de Lamas de Mouro.
Lagarto 25/02/2004 - PNPG
Lagarto 25/02/2004 - PNPG
Lagarto 25/02/2004 - PNPG
Lagarto 28/02/2006 - PNPG

Lagarto 28/02/2006 - PNPG

A Vaca Barrosã


 

A vaca barrosã é a raça bovina típica do sistema montanhoso do Gerês (Castro Laboreiro, Peneda, Soajo, Amarela, Gerês, Larouco, Barroso, Cabreira, e no lado espanhol Santa Eufemia e Xurés).

Foto(s) Tirada(s) : Bouça-dos-Homens (01/12/2003 e 17/09/2005)

O Azevinho




O Azevinho (Ilex aquifolium) é um arbusto de folha persistente da família das Aquifoliaceae, cultivado normalmente para efeitos ornamentais devido aos seus frutos vermelhos.
Espécie da nossa Flora abundante na zona do Parque nacional da Peneda-Gerês, encontra-se geralmente junto ao rio.

Foto(s) Tirada(s) : São Bento do Cando (01/12/2003)